Saúde: Unidade do Baixo Alentejo alerta que será “muito difícil” manter qualidade e quantidade dos serviços em 2012 devido a cortes

Saúde: Unidade do Baixo Alentejo alerta que será “muito difícil” manter qualidade e quantidade dos serviços em 2012 devido a cortes

Quarta-feira, 14 Dezembro 2011
Alentejo
Será “muito difícil” para a Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA) manter a qualidade e a quantidade dos serviços em 2012, devido aos cortes no orçamento.
O alerta é do presidente da unidade José Manuel Mestre, num comunicado interno distribuído aos funcionários da ULSBA.
Através do Plano de Desempenho e Orçamento para 2012, “tornar-se-á muito difícil para a ULSBA o cumprimento dos objetivos propostos, com manutenção da qualidade e da quantidade na prestação dos serviços, honrando ao mesmo tempo os compromissos assumidos com terceiros”, refere o responsável.
O Plano de Desempenho e Orçamento da ULSBA para 2012 foi trabalhado “com base nas linhas de orientação da tutela”, que estipulam reduções de cinco por cento nos proveitos e de 11 por cento nos custos sobre os valores orçamentados em 2011, explica.
José Manuel Mestre deixa o cargo no final deste ano.

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com