no-cover

SEF deteta casa de alterne e prostituição em Estremoz

Segunda-feira, 15 Outubro 2018
Alentejo

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) detetou uma casa de “alterne e prostituição” em Estremoz, no final da semana passada, durante uma ação de fiscalização.

A operação decorreu no âmbito de uma investigação relacionada com “indícios da prática de crimes de auxílio à imigração ilegal e lenocínio”.

Os 15 inspetores do SEF que estiveram envolvidos na ação apreenderam uma “vasta prova que confirmou” estes mesmos indícios.

Os proprietários do estabelecimento de diversão noturna visado pela fiscalização foram notificados para comparecerem em tribunal para interrogatório.

No total, “foram identificadas nove mulheres, quatro nacionais e cinco de nacionalidade estrangeira, com idades entre os 25 e os 40 anos”, as quais já foram “inquiridas como testemunhas”.

Comments are closed.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com