Seguro defende sanções para Estados com excedentes financeiros que recusem dinamizar economia

Seguro defende sanções para Estados com excedentes financeiros que recusem dinamizar economia

Segunda-feira, 05 Dezembro 2011
Nacional
António José Seguro defende a aplicação de sanções para os Estados da zona euro com excedente financeiro e que se recusem a aplicar esse dinheiro na economia.
Numa conferência promovida pelo Diário Económico, o secretário-geral do P disse que “é tão importante exigir consolidação aos países que têm desequilíbrios nas suas contas públicas como exigir aos países que têm excedentes nas suas contas públicas que coloquem esse dinheiro para dinamizar o consumo interno e, por essa via, ajudarem a estimular o setor exportador de países como Portugal”.
Interrogado se um país da União Europeia tem ou não o direito de poupar e de acumular excedentes, o líder socialista contrapôs que as economias “são mais dinâmicas se viverem em equilíbrio”.

Deixe um comentário

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com