Sindicato acusa Tyco de exercer chantagem sobre trabalhadores

Sindicato acusa Tyco de exercer chantagem sobre trabalhadores

Quinta-feira, 26 Março 2020
Alentejo

O Sindicato das Indústrias Elétricas do Sul e Ilhas (SIESI) acusa a direção da fábrica de Évora da Tyco Electronics de estar a “chantagear os trabalhadores sob o pretexto da pandemia do Covid-19”.

Segundo o SIESI, foram apresentadas aos trabalhadores da unidade fabril duas alternativas: “ou gozam quatro dias de férias agora ou vão para lay-off”.

Para o sindicato, trata-se de “uma postura inaceitável de uma empresa que tem tido milhões atrás de milhões de euros em lucros nos últimos anos”.

“Os trabalhadores da Tyco estão no seu direito de recusar gozar férias, apenas porque dá jeito à direcção da Tyco, pois não têm culpa que faltem rebites”, sublinha o SIESI.

O sindicato lamenta também que a direção da fábrica “tenha decidido dispensar os trabalhadores subcontratados a empresas de trabalho temporário, deixando muitos trabalhadores ainda mais desprotegidos e sem rendimentos nesta fase extremamente delicada e complexa”.

Foto: SIESI

Comments are closed.