Sindicato quer data da reposição da água quente no hospital de Évora

Sindicato quer data da reposição da água quente no hospital de Évora

Quinta-feira, 27 Junho 2019
Alentejo

O Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP) pediu hoje esclarecimentos ao Hospital do Espírito Santo de Évora (HESE) sobre as restrições de utilização de água quente nos serviços da unidade hospitalar.

Através de uma carta dirigida ao conselho de administração do HESE, a Direção Regional do Alentejo do SEP quer saber qual é a data prevista para a reposição da água quente nos serviços hospitalares.

“A restrição de utilização de água quente tem colocado grandes dificuldades na prestação de cuidados aos utentes do HESE e também no assegurar das medidas adequadas de proteção dos enfermeiros durante e após o seu turno”, pode ler-se na carta.

Segundo um comunicado do HESE, divulgado há cerca de uma semana, as restrições de utilização de água quente está relacionada com “um caso provável de doença dos legionários” num doente que esteve internado na unidade hospitalar.

Comments are closed.