União das IPSS vai construir sede e residência universitária em Évora

União das IPSS vai construir sede e residência universitária em Évora

Quinta-feira, 23 Janeiro 2020
Alentejo

A União Distrital das Instituições Particulares de Solidariedade Social de Évora vai construir um edifício para instalar a sua sede e uma residência para estudantes universitários.

O projeto foi apresentado pelo presidente da união, Tiago Abalroado, durante o 4.º Encontro das IPSS do Alentejo, que decorreu ontem em Évora.

“Já celebrámos o contrato de promessa de compra e venda que vai permitir a aquisição de um terreno que tem cerca de 900 metros quadrados”, situado na Avenida Dinis Miranda, em Évora, disse, em declarações aos jornalistas, à margem do encontro.

Nesse terreno, indicou, a organização que junta as instituições particulares de solidariedade social do distrito de Évora vai construir um edifício com uma área “na casa dos 800 metros quadrados em dois pisos”.

Tiago Abalroado adiantou que no futuro equipamento será instalada a sede da UDIPSS de Évora, permitindo “autonomizar” a instituição em relação a qualquer sua associada, porque, atualmente, esta funciona “na instituição que lhe preside”.

A futura sede “vai contar, logo de base, com um auditório, uma sala multiusos, uma sala de exposições e um café-concerto” e “acoplámos uma residência universitária”, com capacidade para cerca de 50 estudantes, referiu.

A futura residência universitária terá capacidade para cerca de 50 estudantes.

O terreno onde será construído o edifício tem um custo de 100 mil euros, não estando ainda quantificado o valor total do projeto.

A União Distrital das IPSS de Évora quer ter a sede e a residência universitária a funcionar dentro de dois anos.

Foto: UDIPSS de Évora

Comments are closed.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com