Universidade de Évora participa na descoberta de nova espécie de vermes

Universidade de Évora participa na descoberta de nova espécie de vermes

Quinta-feira, 14 Maio 2020
Alentejo

Um estudo pioneiro liderado por um investigador da Universidade de Évora (UÉ) identificou uma nova espécie de nemátodes fitoparasitas.

Nemátodes são vermes parasitas conhecidos por causar doenças em humanos, outros animais e plantas.

A nova espécie identificada é um nemátode parasita das plantas.

O estudo foi liderado por Carlos Gutiérrez-Gutiérrez, do Laboratório de Nematologia do Instituto Mediterrâneo para a Agricultura Ambiente e Desenvolvimento (MED) da UÉ, o qual foi publicado numa revista científica..

Este estudo, refere o investigador, “para além de contribuir com mais uma nova espécie de nemátodes para a ciência, contribui para o conhecimento de como esta nova espécie se relaciona com as restantes do grupo”.

O investigador do MED realça que esta investigação permitiu ainda “conhecer espécies potencialmente transmissoras de vírus (videira, mas não só) e que, como parasitas microscópicos que habitam o solo, são responsáveis por danos consideráveis em numerosas culturas”.

Comments are closed.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com