Utentes com covid-19 de lar em Évora transferidos para residência universitária

Utentes com covid-19 de lar em Évora transferidos para residência universitária

Segunda-feira, 14 Setembro 2020
Alentejo

Os utentes de um lar ilegal em Évora infetados com covid-19 que não necessitam de internamento vão ser transferidos para uma residência universitária.

Segundo a Administração Regional de Saúde do Alentejo, a transferência será feita quando estiverem “asseguradas as condições” na estrutura de retaguarda.

“A Proteção Civil e a Segurança Social têm já identificada uma residência de estudantes da Universidade de Évora” para a instalação dos utentes do Lar da Quinta da Sizuda.

Até ontem à noite, segundo o hospital de Évora, ficaram internados quatro utentes do lar que tinham sido avaliados na unidade hospitalar.

A estes, juntam-se mais dois idosos que já tinham sido anteriormente hospitalizados.

O primeiro caso positivo detetado neste lar foi o de um idoso que foi transportado, na quinta-feira, para o HESE, onde fez o teste à doença.

Na sexta-feira, foram realizados testes aos restantes utentes e a todos os funcionários do lar, os quais, segundo informou a câmara municipal, no sábado de manhã, resultaram em 39 positivos, nomeadamente 29 idosos e 10 trabalhadores, embora agora a Autoridade de Saúde apenas confirme sete funcionários.

Comments are closed.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com